Notívago (Ariane Vasconcelos)

2 jul

 

 

 

 

Com o olhar perdido entre estrelas,
Em um céu feito de ametistas,
O som do mundo o envolve como névoa.
E enquanto bebe desta infindável noite,
Os deuses sussurram verdades perdidas,
Quando as estrelas começam a cair,
De um tempo passado esquecido,
Que só intimamente pode saber ser
Tudo aquilo que já foi e que ainda é.
Uma leve brisa sopra em seu rosto
Enquanto os véus caem um a um,
Para lhe desvendar seu próprio mundo
Negado e obscurecido,
Que vem se revelar em seu peito como fogo
Devorando antigas certezas
Tão sólidas que se desmancham ao vento
Levadas, transmutadas, doces e frias,
Ficando para trás
Como pedaços quebrados de um velho sonho.

Uma resposta to “Notívago (Ariane Vasconcelos)”

  1. cristina 02/07/2011 às 22:47 #

    Nossa…amei!!!!!!!!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: