Poema de amor (Bela Síol)

4 jul

 

Poema de amor

 

Meu amor

Expresso em palavras,

Por que a distância

Impede gestos e afagos,

Impede o gosto e o perfume.

Meu amor

Expresso em poemas,

Porque só assim

Posso tocar-lhe,

Se não o corpo como desejo,

Ao menos a alma sem que eu perceba.

Meu amor

Pudera gritar,

Publicar e viver.

Pudera andar de mãos dadas,

Varar madrugadas,

Me fundir a você.

Meu amor expresso em palavras,

Mas palavras dizem tão pouco!

A eloqüência do amor

Está no olho no olho,

Na pele com pele,

Nas palavras obscenas sussurradas

Com mordidinhas atrás da orelha.

Está no coração acelerado,

Na respiração ofegante,

Nos corpos suados e

Totalmente largados,

Em lençóis amassados.

 

Bela Síol (04/07/2011)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: