Porque me falta coragem? (Bela Síol)

22 dez

Vejo a vida pela janela,
Em infindável contemplação,
Lá fora o sol brilha e a terra pulsa,
Sem a minha participação.
Quisera correr nos campos,
Caçar nos bosques,
E banhar-me nas fontes,
De águas frescas da vida.
Meu tempo em outro ritmo,
Parece estacionado no espaço.
Anseio por momentos,
De reais sensações sem limites.
Tudo o que sonho,
Está nesse mundo lá fora,
E para que eu possa alcançá-lo,
Preciso despertar a guerreira,
Destemer qualquer obstáculo,
Me sentir meio louca,
E andar à beira do abismo,
Sempre olhando pra frente.
Mas o conforto da inércia,
Me envolve inteira,
E à minha maneira,
Recrio um mundo só meu,
Diante da vitoriosa janela.

Bela Síol 22/12/2011

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: