Poesia de um dia frio…(Bela Síol)

16 jan

Acordar em seus braços,
Na melodia da chuva,
Que estampa a vidraça,
Dançando sobre a terra molhada,
Que exala perfume de cio.
Me perco entre beijos,
Nos laços dos teus abraços,
E concebo os mais doces sonhos,
Quando experimento,
A chuva que cai dentro de mim,
Tempestade em cascatas,
Me roubando o fôlego,
E acalentando a alma,
Neste dia frio,
Requentado de amor.

Bela Síol 15/01/2012

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: