Sagrada e profana (Bela Síol)

10 fev

Me trate como puta,
Só quero ser dama pros outros.
Vem! Bota pra cima de mim!
Gosto exatamente assim!
Na cama apenas se deleite!
Fora dela, me respeite!
Sou tua puta sagrada,
Sua namorada profana,
Sabe o que me agrada,
E sei o quanto me ama.
Portanto, não tenha medo,
Nem se permita à dúvida,
Da sacralidade de meus sentimentos.
Porque como puta, sou somente sua,
E meus encantos, fetiches, mistérios,
Só mostro pra você,
E pra você estou sempre despida,
Sou a louca pervertida,
E pros outros escondo o que sou,
Com as máscaras mais cretinas,
Vestida de hipocrisia,
Pra afastar a inveja de quem não experimentou,
O sagrado e o profano do amor.

Bela Síol 10/02/2012

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: