Colar de miçangas (Bela Síol)

3 maio

Uma metade de mim deseja você
Enquanto a outra só pensa em fugir
Faz algum tempo que não quero querer
Mas a vontade nem é tao forte assim
E esse dilema consome os meus dias
Bipolaridade de meus sentimentos
Oscilo entre os sonhos e a agonia
Não sei mais quanto tempo aguento
É como um colar que se quebra
Miçangas, migalhas já quase sem cor
Espalhando o que contas no chão
Fragmentos, mentiras e dor
Meu lado bom insiste e investe
O que não presta eu tento esquecer
Prefiro crer que esse amor ainda preste
Mas não me cabe consertar por você
O amor continua em torno de mim
Adornando minha vida como um colar
Não me forces a colocar um fim
Nessa história que ainda pode rolar

Bela Síol 03/05/2012

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: