Reflexões de Cristina Aguiar

15 jun

 

Há quem diga que a falta de sexo faz subir à cabeça uma cena marada, um químico orgânico esquisito que transtorna os miolos. Concordo, acho mesmo que a atividade sexual, mais de que um estímulo meramente fisiológico, é o canal de expressão libertadora das castrações do quotidiano, sendo os bastidores de um palco cheio de máscaras onde temos o direito e o DEVER de revelarmos a personalidade profunda, o nosso lado psíquico, tantas vezes obrigado a ficar quietinho porque a moralidade assim o obriga.

 

Cristina Aguiar (15/06/2012)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: