Ácido (Luciana Rocha)

5 jul

 

Gargalham bichos da seda, mastigando folhas de amoreira.
Ogros tolos mascaram a violência mascando audiência.
Ébrio equilibrista no beco busca ser olheiro de notícia.
Pútrido é o gárgula embriagado de poluição no alto da santidade.
Enquanto ratos tornam-se radioativos com restos mortais…
A galera vai à loucura,
Enquanto existem bombardeios fora de suas nobres cabeças.

Luciana Rocha.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: