Sutilezas da conquista (Bela Síol)

5 jul

 

Oi você!

Que nada sutil,

Invade meus pensamentos,

Não me permitindo um só momento,

Sem a sua presença.

Você que me acompanha,

Quando vou me deitar e sonhar.

Você que está lá,

Antes mesmo que eu abra meus olhos.

Você que desfilou sob o meu olhar,

Uma única vez.

Você que me escravizou o desejo,

E me tornou ninguém,

Quando não penso em ou desejo você.

Pare!

Da próxima vez que nos encontrarmos,

Preste atenção!

Na maneira como te olho,

E jogo a cabeça para trás,

Quando gargalho de suas piadas.

Ou concordo com teus assuntos,

Na forma como te devoro silenciosamente,

Nos meus devaneios.

Da próxima vez que nos vermos,

Me convide pra um café,

Ou pra tua vida!

 

Bela Síol 05/07/2012

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: