Fogo e Gelo (Ligia Raido)

6 jul


Hoje poderia erguer sua espada contra mim, rasgar minha carne e derramar meu sangue…
Poderia dizer-me impropérios, rasgar minhas vestes e jogar – me aos ratos e lagartos…
Mas a nada disso eu reagiria… Meu corpo nada sentiria…
Inerte, paralisada, congelada…
Em alfa, a espera…
O peito espremido por uma dor que achei que não mais existisse…
Joguete do destino?
Maldiçoes antigas?
Quem poderia dizer?
Quem poderia me resgatar?
Ou será que a heroína sou eu?
Somente saberei quando seu olhar verdadeiramente cruzar com o meu…

Ligia Raido 06/07/12

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: