Onde vai meu coração? (Bela Síol)

4 set

 


Onde vai meu coração?
Vadio e insensato,
Ser pulsante e não pensante,

Indeciso e impulsivo?
Sei que vagas por aí,
Livre e arredio,
Quando às vezes se faz cativo,
De amores proibidos,
De desejos impossíveis.
Teimoso, quase nunca acerta,
Tem queda pelo que não presta,
Pras esses é porta aberta.
Oh músculo idiota!
Que me faz sofrer e sorrir,
Porque tanta inquietude?
Porque essa vil atitude?
De querer sempre me ferir?
És carruagem que me conduz,
Guiada por muitos amores,
Mas há de ser um somente por vez,
Pra não me causar dissabores!
Coração, seu pentelho,
Vou te dar um conselho,
E vou falar bem baixinho,
Sossega, coração bandidinho!

Bela Síol 03/09/2012

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: