Regência dos amantes (Bela Síol)

5 set

 

Coração dividido

A alma em pedaços

Intuição muda

Coração abstêmio

Caminhos bifurcados

Escolhas necessárias

Regência dos amantes

Sob véu de dúvidas

Medo, silêncio

Reflexão e desespero

Medo da perda,

Medo do abandono,

Das portas se fecharem,

E eu sobrar congelada ,

Do lado fora da vida,

Prisioneira de mim mesma.

Regência dos amantes,

Destemperando minhas ânforas,

Me empurrando ao precipício,

No colo do diabo,

Quando a torre desmorona.

Lua, estrela e um céu vazio,

Num coração dividido,

Numa mente inquieta.

Força, poder reativo,

Evoco os poderes do sol,

A iluminar meu mundo interior,

E fazer a roda girar,

Trazendo brilho e colheita,

E a escolha perfeita,

Poder soberano da imperatriz,

Pra que minha decisão me faça feliz.

 

Bela Síol 05/09/2012

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: