Meu templo (Alëssah Ní Mór-Ríogain)

12 set

 

 

 

O meu templo é Sagrado,
O meu corpo é Sagrado,
Sou um espelho profundo…
Inspirações a me tocar…
Sentimentos intensos…

Corpos soltos,
Entrego-me…
Levanto-me e danço,
Apenas os véus,
Celebro o meu templo,
A sabedoria ancestral,
Meu corpo parece um tambor á tocar,
Meus pés saem do chão… Brumas eu sinto…
Então canto bem alto…
E celebro contigo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: