Aluadas (Bela Síol)

26 jan

Image

Sombras e vultos,
Silhuetas nuas estão, 
O cântico das loucas,
O murmúrio da ilusão, 
Mistérios e sussurros,
Hormônios em profusão, 
Febre que dispensa a roupa, 
Despudorada dança na escuridão!
Lua! Porque fêmea serias?
Se me enfeitiças e me seduzes, 
Recitando tão atrevidas palavras?
Não poderias tu, ser a presença,
De um Deus a me entorpecer o juízo?
A me provocar, me excitar, 
E me demonstrar o que preciso? 
Nas noites em que foges do céu, 
Meu choro é triste solidão, 
Mas quando vens me consolar, 
Sou a loba no cio a te saudar, 
Sou uivo na floresta, 
Sou corpo e alma em festa, 
Sou luxúria que se deixa levar. 

Bela Síol 22/01/2013

 

Moonlit girls

Figures in the shadows,
Naked silhouettes,
The song of crazy,
The murmur of illusion,
Mysteries and whispers,
Hormones in profusion,
Fever taking off the clothes,
Shameless dance in the darkness!
Moon! Why should you be female?
If you put spells and seduce me,
Reciting words so bold?
Couldn’t you be the presence,
Of a God to stun my mind?
Teasing me, exciting me,
And showing what I need.
On nights when you run away from heaven,
My cry is sad loneliness,
But when you come to comfort me,
I’m a wolf on heat to greet you,
Howling in the woods.
My body and soul are in feast, 
I’m the lust who let it be.

Bela Síol 22/01/2013

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: