Sentido sem sentido (Bela Síol)

26 jan

Image

O sono vem em meio às lágrimas, 
Reluto para evitar o encontro,
De meus sonhos com a decepção. 
Prefiro a fantasia à desilusão. 
O que era prenúncio de eterno,
Se foi em um segundo.
A frase exata que marcou o fim, 
Não lembro, já não ecoa em mim, 
Nem faz qualquer sentido.
Parece que o perdi em outras eras,
Parece que já faz tanto tempo,
E na verdade é porque nunca o tive.
Alimentei-me das loucuras de suas mentiras, 
Me nutri das ilusões de suas palavras,
Falsa impetuosidade de um personagem.
E toda a nossa história não faz sentido,
E isso é tudo o que tenho sentido. 

Bela Síol 24/01/2013

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: