Contrariedades (Bela Síol)

23 abr

Image

 

Você me chamou pra dançar na chuva,

Quando meus pés queriam trilhar o mundo em dia de sol.

Me ofereceste o mundo,

Quando eu só precisava de um lugarzinho aconchegante.

Me disseste doces palavras,

Nos meus momentos de guerra pessoal.

E vieste com pedras na mão,

Quando meu corpo implorava carinho.

Não sei ao certo o que conspira o universo,

Nesse turbilhão de desencontros,

Quando o que dizes e fazes,

Tem sentidos totalmente opostos.

Não sei ao certo quando tudo está bem,

Nem identificar os sinais de tempestade,

Pois meus radares estão sempre desligados,

E minha alma indefesa diante de ti.

 

Bela Síol 23/04/2013

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: