Voo das borboletas (Bela Siol)

28 jul

voo

 

 

Fadas de asas rendadas,
Tecidas em seda e luz,
Imagos de fino traço,
Pousando de flor em flor.
Poesia alada ao sol da manhã,
Purpurina que se espalha,
Dos lábios da Deusa.
Sopro de alegria,
Por sobre a terra.
Borboletas em voo,
É festa a colorir o céu,
É a sedução de seguir seus rastros,
Até os misteriosos caminhos,
Que só olhos pagãos podem encontrar.
Pra onde vão as borboletas?
Pra onde voam as borboletas?
Espero que um dia,
Me levem a voar!

Bela Síol 28/07/2013

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: